VERTIGEM

O Evento que começou em 2012,  criado por Iara Ribeiro (atriz e diretora geral da Cia Pedras), primeiramente com o nome de Cabaré Artístico, assumindo posteriomente seu nome essencial VERTIGEM.  

Com   o intuito de oferecer um espaço intimista, alternativo, roqueiro  e crítico para Maringá, oferecendo para o público linguagens artísticas como: música, teatro, pantomima, circo,   performances com essência   visceral e poética, doce e amarga, com pitadas de incômodo e anti-alienação.  Porém o público deve ficar atento, pois temos que estar preparados!!! 

   MATÉRIA FEITA PELO "O DIÁRIO"    2012   E O vertigemE´RIA 

Arte, drinks e intimismo

  • Matéria feita pela jornalista: 

    •  Ana Luiza Verzola 
    •  
    •  

 

"Boa noite senhoras e senhores, o espetáculo já vai começar". Ledo engano esperar tal anúncio no Cabaré Artístico, promovido pela Cia Teatral Pedras neste sábado, às 21h. Segundo a coordenadora da companhia Iara Ribeiro, as diversas apresentações incorporadas em um único espetáculo terão de "acontecer", sem cerimônia ou protocolo. 

"O artista vai no meio da sala e as pessoas entendem que vai começar. Não temos a intenção de avisar, e sim de fazer acontecer inesperadamente", adianta Iara. Os ingressos, vendidos antecipadamente, já estão esgotados. O próximo Cabaré Artístico será realizado em abril.

Divulgação

Fotografia de Amanda Antunes, da exposição “Toda Forma de Amor”, que será aberta no sábado, no espaço da Cia Pedras

O evento, em caráter experimental, será realizado na Cia Pedras Teatro Circo, na rua Farmacêutico L. Andrade, 560, ao lado do estacionamento do shopping Mandacaru Boulevard. De acordo com Iara Ribeiro, o objetivo de envolver diversas linguagens na programação é aproximar a arte mais underground e explorar um olhar mais crítico nas apresentações, segmento pouco explorado na cidade. 

"Nós não trabalhamos com espetáculos meramente comerciais. Terá sempre um cunho crítico, envolvendo pessoas que não vivem somente de arte, mas que tenham um trabalho bacana", diz.

Com espaço para 70 pessoas, o clima é mais intimista no local das apresentações. Haverá um bartender servindo drinks e o lugar para sentar é onde bem entender: não há cadeiras. "Precisamos tornar esses eventos um hábito, para as pessoas que gostam de uma arte um poucos mais diferenciada. É bem alternativo", observa. 

A programação alternativa envolve pirofagia e pernas de pau, a interpretação da letra de "Pedro Pedreiro", canção de Chico Buarque, a performance de "Epidemia", um texto de Iara Ribeiro, exposição de fotografia de Amanda Antunes, além de dança contemporânea e tango. "O pessoal tem acesso a mais de uma forma de arte, a mais de uma linguagem, e isso acaba encantando o público", diz Iara, cuja intenção é realizar mensalmente um Cabaré Artístico, promovendo a integração de várias manifestações artísticas. 

"Nós já temos duas agendas para os próximos meses de gente que gostaria de expor os seus trabalhos, vamos convidar diversos segmentos. Sempre convidamos parceiros, maringaenses que queiram difundir a arte", diz. O espaço, segundo Iara Ribeiro, possibilitará o encontro de pessoas com uma linha artística diferente do convencional.

Unir encenações artísticas e fotografia é uma iniciativa que, segundo Iara Ribeiro, tem boas chances de dar certo. A primeira exposição durante o evento será da fotógrafa Amanda Antunes, há dois anos trabalhando independentemente com fotografia. A exposição, intitulada "Toda Forma de Amor", para Amanda, retrata as diversas vertentes do sentimento tão abstrato. "É uma composição envolvendo várias situações, e todos os tipos de pessoas. Amor entre homens, mulheres e até mesmo sozinho", observa.

São 10 imagens que integram a exposição na sede da Cia Pedras Teatro Circo, capturadas por uma câmera Nikon D3000 e lentes 70-300mm e uma 18-55mm. A fotógrafa acredita que iniciativas como esta deveriam acontecer sempre.

AGORA, EM ABRIL

 

"Sem dúvida, isso ajuda muito. Querendo ou não, para você se destacar precisa de muito nome, e expor os trabalhos ajuda bastante nessa construção, não só na fotografia, como em todos os campos artísticos", diz. 



Leia mais: https://www.ciapedrasteatroecirco.com.br/news/vertigem/

 

ALGUMAS IMAGENS DO EVENTO 

 
A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Paulo Romão, pessoas sentadas, pessoas tocando instrumentos musicais, violão e área interna
Apresentação de Paulo Romão
 
 
 
Perfomance musical com Jhonny Augusto
 
A imagem pode conter: 1 pessoa, tocando um instrumento musical, no palco e violão
Apresentação do músico André Drago
 
Exposição de Andressa Lima
Dança contemporânea com Junior Paiva
 
 
 
 
 
Manu Bien e Felipe Moraes  da Banda Conservantes  (Música) 
 
 
 
 
 
 
 Jaime Stábile (Artista Plástico)
                                                    Cia Pedras - Pantomima e Teatro 
 
 
 
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
A imagem pode conter: 1 pessoaA imagem pode conter: uma ou mais pessoas
 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!