MOSTRA PÉ NA RUA

A Mostra Pé Na Rua nasceu no ano de 2011, criado pela Cia Pedras Teatro Circo,  tendo como coordenadora  geral  Iara Ribeiro (atriz, professora, escritora e diretora artística fundadora  da Cia)

Seu formato tem como objetivo estabelecer um evento de fomento à arte de rua (teatro, circo, música, dança, poesia, outros), ampliando a proposta de popularização que esta arte deixa explícita em toda sua manifestação, bem como organizar o pensamento para a reflexão estética, artística, social, filosófica e humana.

Provocando, incitando questionamentos e libertando!!!

O Evento que oferece  Espetáculos, Oficinas sócio-culturais e  formativas, performances entre outros e  são apresentados em feiras  e outros espaços público, democratizando  assim a arte e formando plateia.

A Mostra Pé na rua valorizam as pesquisas   voltadas ao universo do teatro, do circo, da música, das performances, literatura, poesia e afins,  ou seja, artistas que  pensam no espaço público como veículo para sua arte...

Um  ponto importante da MOSTRA PÉ NA RUA, é que além das discussões que realizamos com os artistas,   os grupos que se apresentam,   ministram uma oficina para  deixar  uma "semente" do trabalho  que realizam, oportunizando a estudantes de arte e artistas  a   conhecerem  novas linhas e maneiras de pensar "arte". 

A Cia Pedras pesquisa a linha do Circo desde 1999 e o do Teatro de Rua desde 2005 e viajando pelo Brasil com o Espetáculo “Andarilhos de Cordel”, apresentando nos espaços urbanos, sejam eles:  feira, praças, ruas, percebemos a recepção calorosa do público, porém observamos que este tratamento era diferente com os artistas que realizam seus trabalhos em semáforos, por exemplo, mas claro, por uma minoria de pessoas petulantes e de  “alma vazia”.  

Em 2009 passamos em um Edital Municipal onde levamos apresentações para 7  feiras da Cidade, feiras no centro e nos bairros e desta vez fomos ampliando nosso diálogo  com o público, feirantes, clientes,  falando sobre a valorização deste segmento artístico, ou seja, de toda arte que   utiliza o espaço público como seu PALCO. 

Assim nasce a MOSTRA PÉ NA RUA, como um ato artístico e revolucionário, para  que todos: artistas x público, possam dialogar na imensidão deste mundo! 

Em 2011 foi realizado a I MOSTRA PÉ NA RUA,  com alguns apoios culturais começa assim nossa saga.

Como em  2012 a Cia Pedras esteve em temporada em  cidades de São Paulo e do Paraná, não aconteceu a Mostra neste ano.  Porém em 2013 e 2014, 2015  a Mostra seguiu valente, sempre com apoios de alunos, amigos e dos Cias profissionais que participam por acreditarem na nossa proposta. 

Nestes anos, a Cia  não deixou de realizar a Mostra... mesmo sem recursos específicos, fizemos campanhas, conseguimos parcerias e seguimos resistentes, fazendo estas Mostras de  forma mais compacta, mas com a mesma essência, ou seja, com todos os elementos que a Mostra tem: Espetáculos, Oficinas Formativas, Oficinas para crianças carentes, Intervenções Urbanas e o lindo cortejo pelas ruas de Maringá.

Em 2016, a Cia Pedras  foi contemplada pelo Prêmio Aniceto Matti e foi realizada em fevereiro de  2017, com um elenco de grande de artistas, atingido grande parte do público maringaense...

Em 2018 a Mostra aconteceu, porém  com recursos próprios e alguns parceiros. E neste ano tivemos uma  parceria  realizamos  junto com o MARL (Movimento de Artistas de Rua de Londrina) e  2 Coelhos Comunicação e Cultura  o   " III ENCONTRO DA RPTR" (Rede Paranaense de Teatro de Rua). 

Agradecendo o apoio importante da Secretaria de Cultura de Maringá, do Vereador Chico Caiana, Marcelo Calixto, Leonor Calixto  e de todos os nossos parceiros Circo 2 e ½ de Sorocaba – SP, Cia. Os palhaços de rua de Londrina – Maringá, Banda Milhar Seca de Cianorte – PR, Conservantes, LSB e Banda Revell de Maringá,   alunos e amigos que estão nesta luta para que o Evento aconteça em Maringá e possa levar um pouquinho de Arte  para a Cidade

Em 2019, a VII MOSTRA PÉ NA RUA, foi contemplada novamente pelo Prêmio Aniceto Matti,  e foi  realizada nos dias 27, 28, 29 e 30 de abril, 01, 02, 03, 04 e 05 de maio, trazendo uma variedade de atrações.

Foram  8  espetáculos, 6 oficinas formativas, 3 oficinas para crianças carentes, intervenções urbanas e duas bandas no encerramento da Mostra.

*****************************

MOSTRA PÉ NA RUA - 2021

VIII MOSTRA PÉ NA RUA 

INFORMAÇÃOES COMPLETAS 

 

 

Arte: Bryan Tavares 

HISTÓRICO DO QUE IRÁ ACONTECER:

VIII MOSTRA PÉ NA RUA

COLORE OS ESPAÇOS URBANOS, FEIRAS, PRAÇAS, RUAS DE MARINGÁ

 

 

De 13 a 20 de novembro de 2021: VIII  Mostra Pé na Rua, realizada pela Cia Pedras Teatro e Circo, com incentivo do Prêmio Aniceto Matti. São sete espetáculos, oito oficinas, intervenções urbanas, além do cortejo de abertura e evento de encerramento. As atrações serão descentralizadas, ocorrendo em feiras livres, parques e pontos da Avenida Brasil. O objetivo é chegar a públicos diferentes daqueles que já frequentam os espaços culturais. Este ano estarão em cena grupos de Maringá, Londrina, Cascavel, São Paulo e Passo Fundo / RS. Todos se apresentam e também ministram oficinas.

A Mostra Pé na Rua foi criada em 2011, tendo como coordenadora geral a atriz, professora e escritora Iara Ribeiro, fundadora da Cia Pedras. Democratizar o acesso às artes sempre foi uma premissa da artista, que a cada ano escolhe locais diferentes nos bairros para levar as atrações. “A proposta é realizar um evento feito por artistas que pensam no espaço público como veículo para sua arte, seja ela teatro, circo, música, dança, poesia ou outros, propondo discussões e reflexões sobre temas diversos”, explica a produtora.

O projeto já teve várias edições realizadas de forma independente, sem editais públicos, mas nos últimos anos os organizadores optaram por pleitear o financiamento em edital e foram contemplados. Claro que, por conta da pandemia, em 2020 a mostra não aconteceu, mas agora, com todos os cuidados e respeitando os protocolos de segurança, a mostra volta a encontrar o público. “Recomeçar de novo é sempre algo surpreendente. Estamos com saudades das expressões das pessoas, do carinho, da junção e cores e sentimentos”, comemora.

A primeira ação da mostra é o tradicional cortejo de abertura com artistas da cidade, que se reúnem vestidos de personagens e pernas de pau no sábado 9h, saindo da Avenida Brasil em direção à Feira do Produtor, no Estádio Willie Davids. Lá, às 10h, o palhaço Tico Bonito (Cascavel) apresenta “Licença preu passar”.

No domingo é a vez do Núcleo Sem Drama (São Paulo / SP) apresentar “A menina que não sabia brincar" na feira livre do jardim Indaiá. Segunda-feira o grupo Ritornelo (Passo Fundo/RS) mostra a “Faixa de graça” às 18h30 no distrito de Iguatemi. Terça-feira a palhaça Incrível Teimosa, de Londrina, apresenta “Que festa é essa, criatura?” na feira do Borba Gato. O grupo Exército contra nada vem de São Paulo para fazer “El General” na feira do Conjunto Sanenge e a anfitriã Cia Pedras ocupa a quinta e a sexta com os trabalhos “Corda bamba” e “Os invisíveis”, nas feiras da zona 2 e do Jardim Alvorada, respectivamente.

O encerramento no sábado à tarde terá rock cover e autoral com a banda Revell e as apresentações do coletivo transformista Haus of X e do Dança para Dois, com dança de salão performática, no Parque Alfredo Nyffeler.

Em casos de chuva os espetáculos são automaticamente transferidos para a sede da Cia Pedras, onde também acontecem as oficinas no período da tarde, na Rua Vitória, nº 1202. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo whatsapp (44) 9 9116-2498. O número de vagas é limitado. São oficinas nas áreas de palhaçaria feminina, bordado, trabalho físico do ator, criação de cenas com objetos do cotidiano, etc.

 

Programação de espetáculos

 

Dia 13/11 – sábado

9h – cortejo de abertura

Local: Avenida Brasil

 

10h – Licença preu passar

Com Palhaço Tico Bonito (Cascavel / PR)

Local: Feira do Produtor (Estádio Willie Davids)

 

Dia 14/11 – domingo

10h – A menina que não sabia brincar

Com Núcleo Sem drama (São Paulo / SP)

Local: Feira Livre (Av. Pion. João Pereira – Jd. Indaiá)

 

Dia 15/11 – segunda

 

10h – Intervenção urbana Quadros vivos

Local: pontos da Avenida Brasil

 

18h30 – Faixa de Graça

Com Grupo Ritornelo de Teatro (Passo Fundo / RS)

Local: Feira Verde (praça da Igreja – distrito de Iguatemi)

 

Dia 16/11 – terça-feira

18h30 – Que festa é essa, criatura?

Com Palhaça Incrível Teimosa (Londrina / PR)

Local: Feira Pôr do Sol (Pça. Dep. Heitor Alencar Furtado – Borba Gato)

 

Dia 17/11 – quarta-feira

10h – Intervenção urbana Quadros vivos

Local: pontos da Avenida Brasil

 

18h30 – El General

Com Grupo Exército contra nada (São Paulo / SP)

Local: Feira do Produtor (Rua Araras, Cj. Sanenge)

 

Dia 18/11 – quinta-feira

18h30 – Corda Bamba

Com Cia Pedras Teatro Circo (Maringá / PR)

Local: Feira de Orgânicos (Zona 2, em frente ao Instituto de Educação)

 

Dia 19/11 – sexta-feira

18h30 – Os invisíveis

Com Cia Pedras Teatro Circo (Maringá / PR)

Local: Feira Verde (Centro Comunitário do Jd. Alvorada)

 

Dia 20/11 – sábado

15h – encerramento

Com Banda Revell, Haus of X e Dança para Dois

Local: Parque Alfredo Nyffeler – Jardim Alvorada

 

Serviço

8ª Mostra Pé na Rua

De 13 a 20 de novembro de 2021

Realização: Cia Pedras Teatro e Circo

Entrada gratuita

Mais informações: https://www.ciapedrasteatroecirco.com.br/mostra-pe-na-rua/

 

Produzido com verba de Incentivo à Cultura

Lei Municipal de Maringá n.º 10988/2019

Prêmio Aniceto Matti

 

 

 

 

SOBRE AS OFICINAS DA MOSTRA PÉ NA RUA  - GRATUITAS

 
As inscrições com os profissionais e pesquisadores que farão parte da VIII MOSTRA PÉ NA RUA, serão realizadas da seguinte maneira: é só nos dar um alô no whatshapp da Cia (44) 9 9116-2498, enviando: Nome/ Idade/Oficina que tem interesse, após estes dados, entraremos em contato para maiores detalhes.
ATENÇÃO: Devido a pandemia, as turmas serão reduzidas (no máximo 8 vagas), conseguindo ou não sua vaga, você será informado(a), assim que recebermos sua inscrição!
HUMANAMENTE BEM VINDOS!
 
OFICINA 1
Dia 13/11 (Sábado)
Oficina: Em busca do meu eu cênico
Oficineiro(a): Leonides Carlos Taborda
Horário: 13:00 as 16:00
Local: Cia Pedras Teatro Circo-Rua Vitória, 1202 – Vila Esperança (atrás UEM)
Breve resumo oficina: Oficina visa a busca de atores e não atores por alta performance em suas profissões e atividades. Por meio de técnicas de palhaçaria e do clown, a oficina fornece aos participantes o contato com sua auto- imagem e suas características mais profundas, visando a busca da autoafirmação, autoaceitação, autoconfiança e vivência do olhar afirmativo sobre si.
Materiais que os participantes precisarão levar (se houver): Roupas confortáveis para exercícios físicos.
Mínimo de participantes: 2
Máximo de participantes 8
Público: acima de 14 anos
 
OFICINA 2
Dia 14/11 (Domingo)
Nome da oficina; Bordar a Luta
Oficineiro(a): Laura Rodrigues Alves
Horário: 13:00 as 16:00
Local: Cia Pedras Teatro Circo-Rua Vitória, 1202 – Vila Esperança (atrás UEM)
Breve resumo oficina: Nessa oficina pretende-se apresentar técnicas simples de bordado aos participantes para que cada um possa produzir algo (um pano, bolsa, toalha, camiseta.. etc) com uma frase e/ou desenho que tenha um significado importante. Como base temática, escolhemos a luta feminista para debater ideais e suscitar pensamentos que possam incentivar a criatividade e afeto na confecção.
Materiais que os participantes precisarão levar (se houver): Qualquer tipo de tecido disponível *algodáo, toalha, pedaço de roupa, tecido, etc, além de linha e Agulha (de qualquer espessura, porém a agulha e a linha devem ser compatíveis).
Mínimo de participantes: 2
Máximo de participantes:8
Faixa etária: A partir dos 14 anos).
 
OFICINA 3
Dia 15/11 (Segunda Feira)
Nome da oficina: O ator na farsa
Oficineiro(a): Miraldi Junior
Horário: 10:00 as 13:00
Local: Cia Pedras Teatro Circo-Rua Vitória, 1202 – Vila Esperança (atrás UEM)
Breve resumo oficina: A oficina aborda o trabalho físico do ator na construção do jogo farsesco, propondo a experimentação orgânica de alguns dos elementos possíveis neste tipo de linguagem, seguindo em direção a compreensão de conceitos e técnicas importantes na Farsa: como a “violência”, a dilatação física, a prontidão, a “presença”, o tempo e jogo, a repetição, dentre outros elementos que serão abordados durante o processo.
Mínimo de participantes: 2
Máximo de participantes 8
Faixa etária: A partir dos 16 anos).
 
OFICINA 4
Dia 16/11 (Terça feira)
Nome da oficina: Palhaçaria na Visão Feminina
Oficineiro(a): Daniele Pezenti
Horário: 10:00 as 13:00
Local: Cia Pedras Teatro Circo-Rua Vitória, 1202 – Vila Esperança (atrás UEM)
Breve resumo oficina: A oficina terá como foco de trabalho explorar a construção da palhaça por meio de experiências práticas vividas apenas por mulheres, assim como o trabalho corporal com exercícios de improvisação, energéticos, jogos cômicos, a fim de abrir as portas para aquelas que querem conhecer esta arte ou, então, desejam iniciar os estudos dentro da palhaçaria feminina.
Materiais que os participantes precisarão levar (se houver): Caderno e caneta para anotações; Roupa confortável; Nariz de palhaça.
Mínimo de participantes: 2
Máximo de participantes: 8
Público: acima de 14 anos
 
OFICINA 5
Dia 17/11 (Quarta feira)
Nome da oficina; Jogos do Ris(c)o
Horário: 10:00 as 13:00
Local: Cia Pedras Teatro Circo-Rua Vitória, 1202 – Vila Esperança (atrás UEM)
Oficineiro(a): Rafael de Barros
Breve resumo oficina:
Propõe trazer para a sala de trabalho, um pouco do que aprendeu com o público da rua. Quebrando os estereótipos recorrentes em oficinas de palhaço/clown/comicidade, que por vezes tem uma plateia que não se diverte com o que assiste em uma oficina, trabalhamos com a ideia de uma plateia que se não esta gostando, não continua assistindo o seu espetáculo. Para isso vamos trabalhar as melhores ideiasm, para assim alcançar um outro lugar, uma outra graça, ir além.
Materiais que os participantes precisarão levar (se houver)
Mínimo de participantes: 2
Máximo de participantes 8
Faixa etária: A partir dos 14 anos).
 
OFICINA 6
Dia 18/11 (Quinta feira )
Nome da oficina: O des (encanto) do circo
Oficineiro(a): Iara Ribeiro
Horário: 10:00 as 13:00
Local: Cia Pedras Teatro Circo-Rua Vitória, 1202 – Vila Esperança (atrás UEM)
Breve resumo oficina: A oficina fará uma imersão nos caminhos circenses, verificando não só as habilidades, mas o sublime desta arte.
Materiais que os participantes precisarão levar (se houver): Caderno e caneta para anotações; Roupa confortável para exercícios
Mínimo de participantes:4
Máximo de participantes: 8
Público: acima de 14 anos
 
 
OFICINA 7
Dia 19/11 (Sexta feira)
Nome da oficina: Formas animadas de humanizar
Oficineiro(a): Iara Ribeiro
Horário: 10:00 as 13:00
Local: Cia Pedras Teatro Circo-Rua Vitória, 1202 – Vila Esperança (atrás UEM)
Breve resumo oficina: A oficina mostrará as possibilidades de criar histórias e cenas com objetos e materiais que fazem parte de nosso cotidiano e fez/faz parte de nossa infância. Um mergulho no nonsense e na imaginação.
Materiais que os participantes precisarão levar (se houver): Caderno e caneta para anotações; Roupa confortável para exercícios
Mínimo de participantes: 02
Máximo de participantes: 08
Público: acima de 14 anos
 
 

 

******************************************

VII MOSTRA PÉ NA RUA 

ALGUMAS IMAGENS

 

Oficinas sócio-culturais
                        CORTEJO (Participação aristas e alunos da Cia Pedras) 
Encerramento com Bandas
INTERVENÇÕES
ESPETÁCULOS
Arte de Comédia - Curitiba

VI MOSTRA PÉ NA RUA 

 

 

V MOSTRA PÉ NA RUA 
 
 
 
 
 

 

********************************

III MOSTRA PÉ NA RUA 2014

 

Espetáculos

 Novos Palhaços  com Novos Palhaços de Maringá – PR

Encontro com Caetana COM  Alunos da Cia Pedras de Maringá - PR

Cia Os Palhaços de Rua de Londrinas  - PR

Cia Pedras “Corda Bamba’   de Maringá – PR

Palhaça Chimomi

Intervenções

Quadros vivos – Cia Pedras e alunos de Maringá – PR

Oficinas:

Oficina de Máscaras – Palhaça  Chimomi 

Tecido Aéreo e Lira  - Cia Pedras Teatro Circo – Maringá - PR

O Circo na Comunidade  - Cia Palhaços de Rua – Londrina – Pr

 

*************************************************

II MOSTRA PÉ NA RUA 2013

 

Espetáculos

El General com palhaço Rafael Barros de Londrina –PR

A Fêmea Dominante do Grupo Mamathas de Presidente Prudente –SP

Circo Teatro sem Lona de Maringá – PR

Intervenções

Elemento  Malabares de Maringá – PR

Almas de Rua: Dança de Rua – Sarandi – PR

Quadros Vivos – Cia Pedras de Maringá –PR

Oficinas

Oficina : O Jogo do palhaço – Rafael de Barros  - Londrina - PR

Oficina: Dança de rua  - Marcelo Street de Sarandi – PR

 

 

**************************************************************

I MOSTRA PÉ NA RUA 2011

 
 

Espetáculos

Cordel Canta Dor da Cia Pedras Teatro Circo de Maringá - PR

 Com o Pé na Rua e a Cara Pintada – Palhaço Fusquinha de Santos – SP

Show de Variedade – Aero Circo de Londrina – PR

Intervenções

Quadros Vivos – Cia Pedras de Maringá -PR

Oficinas

Oficina de Acrobacias de Solo  com: Aero Circo de Londrina - PR

Oficina de Malabares e Perna de pau  com Cia Pedras Teatro Circo de Maringá – PR

 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!